24 de set de 2015

Entre as montanhas de Minas


Prática, confortável, bem distribuída, aconchegante, linda e no tamanho certo. Não são essas as qualidades que uma casa gostosa deveria ter?
Esse projeto das arquitetas Luciana Lage  e Adriana  Caporali da LageCaporali é exatamente assim. Construído num condomínio nos arredores de Belo Horizonte, o projeto  atendeu o cliente em todas as suas necessidades e se integrou completamente ao terreno. 

Como boas mineiras, as arquitetas tiraram o desnecessário e pensaram numa casa para ser aproveitada ao máximo!




O projeto:


Vista da rua a casa em L evidencia, sobre uma base de pedras, a área íntima, tendo esta uma grande janela horizontal, da circulação, voltada para os acessos, social e de veículos.

Ao longo desta base faz-se o percurso de pedestre, da rua até o Hall de entrada. Ao lado deste percurso e no mesmo nível, faz-se o acesso de veículos até a garagem, tendo esta ligação direta com as áreas de serviços.




























Neste Hall com paredes e piso de pedras em tons neutros, a porta principal se destaca. Com desenho limpo e imponente, puxador em cava longa horizontal, ela recebeu laca acetinada vermelha, um desejo da proprietária.



























































Nesta sala de teto, paredes e piso claros, tela e tapete em tons terrosos, dão vida e aquecem o ambiente. Abraçando a mesa de centro de madeira Freijó, o conjunto de sofás e poltronas em linho cru, tem design atual de linhas retas. Sobre os sofás, almofadas de floral colorido e dorso de veludo alegram e dão aconchego.

















Ao fundo, mesa de jantar, aparador e cadeiras também de madeira Freijó. Estas com encosto de palha natural.



No forro de gesso liso a iluminação é discreta com um rasgo de luz fria ao longo das portas de vidro e embutidos “no frame” sobre aparador e tela fazendo o destaque. Nas laterais da tela duas arandelas de luz indireta complementam a iluminação do ambiente






















Nesta sala, novamente os tons terrosos foram usados para aquecer o ambiente. Ao a mesa de madeira de demolição sobre tapete de listras coloridas. Sobre o sofá retrátil de linho marrom, almofadas de floral colorido e peles dão aconchego. Um cavalete de madeira expõe as mantas para aquecer a família.

Destaque para

No forro de gesso liso a iluminação é com embutidos estratégicos. As paredes laterais ao sofá recebem duas arandelas cada de luz indireta complementando a iluminação do ambiente.



Destaque para a janela piso/teto com magnífica vista.












Bar em madeira natural, com nichos sob medida para acomodar 
garrafas, taças e acessórios.

















 Ao fundo, as montanhas de Minas.
Vista de encher os olhos e a alma.












As arquitetas Adriana e Luciana da LageCaporali.






Fotos: Gustavo Xavier



Nenhum comentário:

Postar um comentário