28 de ago de 2015

Luz


Faça-se a luz! 

Nada faz mais diferença numa ambientação do que a luz. As vinda de cima, serão temas para outro post! Hoje, são as que vem dos abatjoures. Elas dão elegância, tornam os ambientes intimistas e confortáveis e criam aquele ar de ´´lar´´ .
Sou louca por eles! Se pudesse, teria vários na minha sala! No momento, ando apaixonada por todos os da Quality! 

















































Onde encontrar:
Quality: Rua Bárbara Heliodora, 88. Lourdes - 31  3292-3144

27 de ago de 2015

Adoro esta sala!


Lareira de mármore, desenho limpo; tapete felpudo sob medida;  mesa se centro aproveitada da casa anterior; flores, cestas e quadros para dar charme!




25 de ago de 2015

Chique

Peças tradicionais e clássicas. Uma casa assim jamais fica fora de moda.




18 de ago de 2015

Rio!


Uma peça de Carlos Motta já é uma obra de arte. 
Motta é considerado  um dos grandes designers brasileiros. Entende e fala a língua do nosso país tropical.
A cadeira Rio traduz bem a carioquice: é leve, colorida, moderna e cheia de estilo! Enche de cor, luz e alegria qualquer ambiente. Por aqui, quem vende a Rio é Micheliny Martins, que tem outras boas peças do designer. Ponto para Micheliny sempre à frente!

Queria muito 4  Rios na minha varanda! 













Pinte de vermelho








































12 de ago de 2015

Banheiros cheios de charme


Banheiros não precisam ser brancos e frios, Deus me livre! Podem ser brancos e muito charmosos!
Use sua imaginação! Bandejas, bowls, velas, copinhos. E flores, claro!




































Onde encontrar:
- copinhos de prata:
Belíssimo / R. Grão Mogol, 640 - Carmo, Belo Horizonte - MG, 30310-010
(31) 3308-8188


11 de ago de 2015

Despojada


Inspiração para casas descontraídas.


Casa de verdade


Uma casa para ser usada e vivida. Por toda a família e em todos os momentos.
Localizada um bairro delicioso em BH, esta casa é acolhedora, aconchegante, prática e linda!
A família transita por todos os ambientes e cada pedaço dela é usado. Nada fica fechado, coberto ou separado. 
Boas peças de design, sofás confortáveis, muita madeira e bom gosto. 

















 




















































3 de ago de 2015

Em alta


A Espaço 670  participando das mais descoladas feiras de arte!
De 9 a 13 de setembro no Rio, tem a IDA.

É o designa brasileiro em evidência e ao alcance de todos!


2 de ago de 2015

Casas que inspiram

Esta casa em Sidney é um clássico da boa decoração.
Mesmo usando móveis de época ela é limpa e mesmo usando só preto e branco ela é aconchegante e alegre.




















































29 de jul de 2015

A Lapinha de Martha Wanderley


Quem pensa que os jardins de Inhotim só existem no museu está muito enganado. Existe um mini-Inhotim, bem escondido a 100 km de Belo Horizonte, onde palmeiras, Pau-mulato, Pau-Ferro, orquídeas, bromélias, rosas e árvores raras se encontram para formar um paraíso na terra. 

E, claro, tem a casa. E que casa. 
Esse paraíso tem dono e não, não está aberto ao público. É dos Wanderley, onde dona Martha é a rainha! 











Dos jardins, não preciso (nem tenho palavras para )  descrever. São centenas de tipos de plantas e uma verdadeira mata de palmeiras das mais raras às mais simples, plantadas com carinho pelo dono da casa. Ele cuida, pesquisa e mantem um verdadeiro jardim botânico, que, na minha opinião, merecer ser visto por todos. É um tesouro de preservação e amor à natureza. 


´´se alguém está sentado na sombra hoje, é porque alguém plantou uma árvore há muito tempo´´.















































Já a casa é um deleite. São dois módulos separados por uma pérgula que separa a ala dos quartos da área de lazer. O corredor é aberto, formando um pátio onde um jardim de cactus e um chafariz de pedra dão as boas-vindas.  
Separados da casa, existem 2 bangalôs para atender toda a família, formada por 4 filhos, noras, genros, netos e netas. E tem o anexo, onde sofás confortáveis e uma hidro esperam os convidados no fim da tarde para assistir ao pôr do sol. 










































Martha tem um bom gosto que poucas pessoas possuem. E um capricho com as coisas da casa que só quem a conhece sabe do que estou falando. Tudo na casa tem charme. Sejam as bonecas de madeira, as mulheres do Vale do Jequitinhonha, os arranjos com frutas e frutos do jardim, as toalhas de linho bordadas, a organização dos armários, a cozinha ...


























A cozinha da casa é uma coisa! Enorme, toda revestida de ladrilho hidráulico, com armários mineiros antigos onde as louças ficam expostas. Como mineira da gema, Martha ama cozinhar e o faz muito bem. De suas panelas de cobre saem delícias de comer de joelhos. 























































Na varanda da casa, móveis de junco convivem com sofás gostosos e almofadas de chita. É lá que se toma um café e come-se um pão de queijo feito em casa. Isso mesmo. A massa do pão de queijo é receita da dona da casa, e é feito em sua cozinha! Isso sim é um luxo!!!!

































Depois de um longo passeio pelos jardins e de ficar sem fôlego com tamanha beleza, é hora de ir para o spa, relaxar, tomar um bom vinho e ver o sol se pôr de trás das palmeiras. 


E claro, ter a certeza que o paraíso existe.  E geralmente fica mais perto do que pensamos.















































Agradecimentos:
Obrigada à Martha que me deixou postar essas fotos. E a Clô que me leva sempre com ela nesses longos anos de amizade. E ao Flamarion  que plantou  um jardim de sonhos para que nossos netos possam um dia apreciar.