18 de mai de 2014

A nova rota da decoração


De tempos em tempos a cidade vai definindo seus espaços. 
Os bairros vão se tornando referências para tipos variados de comércio e prestação de serviços.
Em Belo Horizonte isso não é diferente. Durante anos, o mercado de luxo de BH ficou concentrado em Lourdes. As boas lojas de decoração, os restaurantes bombados, as lojas de roupas.
Com a exploração imobiliária, o transito, a dificuldade de estacionamento e a falta de espaço físico, o mercado de decoração está migrando. E o destino é o charmoso bairro do Sion.
Algumas lojas foram pioneiras, e corajosas, como Regina Barbi e a Domi.  Depois vieram Belíssimo, Arte Oriental, Inside, Patricia Gontijo Flores e Micheliny Martins com dois andares de showroon. Em breve chega a Tetum e a Abatjour de Arte. E o shopping Ponteio, com todas as lojas bacanas, como Deck e Sol e Canto do Livro.









O Sion é um bairro antigo, mas muito bem localizado. Tem ainda aquele charme dos bairros velhos, com pequenos comércios, açougues, escola, padarias e praças, e também os modernos e grandes prédios e as novas lojas. A avenida Bandeirantes é uma delícia, com local para caminhadas, salões de beleza, livrarias, cafés e restaurantes. E a vista da Serra do Curral completa a paisagem.

As ruas, largas e arborizadas,  ainda são boas para estacionar e as casas antigas ainda são viáveis para se montar um bom negócio.







Eu, por exemplo, acabo de mudar meu escritório para o Sion! Vou ser vizinha das lojas que frequento e das ´´meninas´´ Patrícia Nicácio e Jú Boechat, que há anos mantem seu escritório na Avenida Uruguai também.

Em São Paulo, a Avenida Gabriel Monteiro tornou-se referência quando o assunto é decoração e design. Por aqui, o Sion está no caminho certo. Isso é ótimo para nós, profissionais, para os lojistas e para os clientes!










2 comentários:

  1. Ei vizinha . Vem tomar um café com a gente

    ResponderExcluir
  2. Ei vizinha. Vem tomar um café com a gente 😘

    ResponderExcluir