10 de abr de 2014

A casa, o estilo e a história de Vênica









´´A historia deste apartamento começa a 30 anos atrás, quando me casei com o Ricardo. Fomos morar em um apto na serra! Começamos a montagem com uma mobília de sala de jantar Chipandale, da casa dos meus pais, alguns móveis que mandamos fazer em Tiradentes e alguns quadros que o Ricardo já havia comprado, muitos discos e muitos livros! Um grande mapa na parede, fixado sobre feltro para marcar os lugares visitado com alfinetes!

São 30 anos, e essa e a nossa quarta morada!

Todas foram muito especiais e sempre agradaram a nós, os donos, e todos os nossos amigos! Sempre muita música! Passamos pelos LPS, milhares de CDs e agora,  na era dos ipods e musicas e baixados!

Assim, ao longo dos anos, a cada mudança fomos adquirindo peças. Quando fizemos um ano de casados o Ricardo nos presenteou com uma escultura do Maurino Aráujo e partir daí  não paramos de adquirir peças, quadros.  Apesar do gosto do Ricardo ser bem mais arrojado que o meu, sempre entramos em acordo com relação as compras!
Em 1989, começo fazer o curso de decoração, no mesmo ano em maio abro a primeira Vênica, que era uma pequena fábrica de tapetes de tear, confecção de móveis de ferro e adornos em pedra executados por uma marmoraria. 
 A partir daí o envolvimento foi total, o prazer em pesquisar,  em conhecer fábricas, manufaturas, artesãos!!!

Há 6 anos atrás tivemos a oportunidade de comprar o apartamento atual, pra quem gosta, ama decoração e espaço foi  um prato cheio.

Compramos o apto na obra, fizemos pequenas modificações na arquitetura, feitas pela minha amiga Regina  Sheickman. A  principal modificação foi  transformar o estar íntimo em escritório e biblioteca.  
Daí foi só alegria, pensar na disposição das peças, no mobiliário que seria necessário adquirir ...
Usei tudo que era do meu outro apartamento, não me desfiz de nenhuma peça, não adquiri nem um quadro, tive ate que criar mais paredes, o projeto original tem poucas paredes e não daria para colocar os quadros que já tinha! Particularmente gosto muito de móveis soltos, só fiz marcenaria fixa onde não era possível ser de outra maneira.´´
Vênica





Logo no hall de entrada, quadro Surrealista da Marisa Trancoso,e banco rústico de Wagner de Freitas passando a porta de entrada, tela de Giovana Martins.










A sala tem 3 ambientes, grandes e confortáveis, como ela  tem uma família grande, Vênica quis uma mesa de jantar para 14 lugares, ´´usei uma base reta em carvalho preto, com um tampo de vidro ebony, dez cadeiras de palhinha  e quatro cadeiras que revesti com tecido ouro velho. Sobre a mesa tenho uma peça da artista baiana, Nádia Taquary , que é uma aquisição recente, que foi amor a primeira vista, toda em contas de madeira e detalhes em prata, bem brasileira!!´´









´´ O móvel na lateral da mesa de jantar me serve como super aparador e também é um super armário, onde tenho um pequeno bar e outros utensílios! Esta parede foi feita na medida para apoiar este móvel que já tinha no apartamento anterior e adorava! Além disso ele é a base para uma coleção de quadros que fazem nossa história: Pela ordem da esquerda para direita:

Thales, Marco Túlio Resende, Paulo Laender, Waldelice Neves, Gloria Amaral, Vicente Abreu, Marco Túlio novamente.











´´ No estar tenho dois sofás pretos retráteis, que em muitas conversas depois de almoços festivos e jantares, é onde ficamos com nossos amigos ¨refastelados¨,  acompamhados de duas cadeiras Luis XVI, que estão com um tecido bordado indiano que comprei em NY há uns 18 anos atrás. Ele já está bem desbotado, mas não tive coragem de trocar, adoro! ´´







Completando a sala, uma mesa de centro feita com perfil inox e vidro, mesas laterais de madeira e um carrinho italiano comprado na House Garden. 

 ´´Acima da mesa lateral grande tenho um lustre de cristal francês, comprado em SP  na Passado Composto, ele era para minha sala de jantar do outro apartamento. ´´  










O Outro ambiente é composto por um sofá de ultraleader marrom, uma chaise Le Courbusier em couro de vaca e uma coluna que apoia uma escultura do Maurino Araújo. 





´´ Fiz uma parede de travertino onde esta afixada a televisão e abaixo móvel para computador e outros aparelhos conectados á TV, tapete iraniano colorido e puff redondo preto para os pés.


































A sala de almoço tem mesa redonda, cadeira em couro sola, parede revestida e aparador em fórmica preta, quadro do Sussuca, nanquim sobre tecido.












O lavabo tem nicho com entalhes nepaleses sob pintura preta.















O skyline da varanda é de tirar o fôlego!










´´No escritório, usei  duas mesas do apartamento anterior. Elas  eram de pinus com pés torneados. Fiz laca preta e coloquei vidros pretos.  Ficaram lindas!  Cadeiras de escritório, sofá chesterfield com capa e estantes com livros, feitas sob medida, com várias lembranças de viagens e outros achados!

O piano que era do Ricardo quando criança, fiz laca vermelha. O tapete é kilim.´´

























O quarto do casal tem papel de parede e cama sem cabeceira.  Em uma lateral, cômoda de herança do Tio Júlio,  e do outro lado,  mesa de apoio da Artefacto.















´´Como recebo muitos hospedes, caprichei.  Papel de parede Pietro Fornacetti, sofá cama de casal, dois armários que eram de pinus e fiz pátina, mesa preta de apoio e cadeira vermelha













No quarto do filho chama a atenção a estante que acomoda 1000 discos de vinil!




















No quarto da filha, todo escolhido por ela, a cor é roxa e o destaque é o espelho veneziano.










´´Ao lado da entrada de serviço, foi feito um projeto para ser colocado todo o material de tênis, para que não precisasse entrar em casa. Sendo assim, raquetes, bolinhas, bolsas e outro materiais  ficariam  fáceis de serem usados. Um banco para assentar e amarrar os tênis, suporte para as sacolas de compras reaproveitáveis e as sombrinhas e guarda chuvas!´´








Uma casa de verdade, desprentenciosa. Uma casa para ser usada, curtida, vivida ao lado da família e dos amigos.  Com alegria, simplicidade, gentileza e arte. Exatamente como a dona.




3 comentários:

  1. Vênica, adorei seu apartamento, muito lindo. Bj Edenia

    ResponderExcluir
  2. Nossa, maravilhoso o apartamento! Quando o bom gosto reflete a historia da família o resultado é sempre mais surpreendente! Fabiana D.

    ResponderExcluir
  3. Adorei,uma decoração linda,organizada, despretensiosa.

    ResponderExcluir