24 de abr de 2012

Ananás


Depois da uva, o abacaxi é a fruta que mais enfeita louças e metais.
Acho que é porque o abacaxi é um fruta exótica no formato. 
Ou talvez por causa da sua ''coroa''.



























Onde encontrar:
Objetos:
- Espaço Casa: Rua São Paulo, 2013
- Deck e Sol: Ponteio Lar Shopping
- Bath & Co: Ponteio Lar Shopping
Almofadas:
- Regina Barbi: Rua República Argentina, 486

3 comentários:

  1. Oi kika tudo bem?!
    Parabéns pelo blog! Sou fã. Adorei o post. O abacaxi representa
    Hospitalidade e por isto aparece bastante nos objetos de decoração,.
    Abc. Mariana m.

    ResponderExcluir
  2. Oi kika,

    Outro dia encontrei o seguinte significado pro abacaxi na decoração:

        "Quando o inglês quer mostrar que a visita é bem-vinda, ele pode, por exemplo, colocar a fruta ou algo que tenha a imagem do abacaxi para decorar a mesa e assim, dar a entender ao visitante que ele é bem –vindo e que a família é hospitaleira.
        Foi num dia 4 de novembro, no ano de 1493, que Cristóvão Colombo, então em sua segunda vinda à América, se deparou pela primeira vez com um abacaxi, de passagem pela ilha de Guadalupe, no Caribe. O fato aparece registrado no diário de bordo de sua expedição.
      Na época, ninguém podia imaginar que a fruta viraria um sinônimo de "problema". Pelo contrário. Muito apreciada pelos nativos caribenhos, o abacaxi era utilizado como símbolo de hospitalidade, pendurado à entrada de suas aldeias. Os exploradores ficaram encantados com aquela fruta exuberante, de sabor e perfume marcantes, e a levaram para a Europa.
     No Velho Mundo, o abacaxi virou motivo de pinturas e ornamentos arquitetônicos, e se tornou um símbolo de riqueza e alta posição social. Em Portugal foi chamado de "rei das frutas", na Inglaterra de "princesa". Artistas e ilustradores de botânica dos séculos 16 e 17, como Albert Eckhout, Frans Post e John Parkinson, "divulgaram" a fruta em suas obras e a transformaram em um símbolo por excelência dos trópicos.
       Apesar de ter sido "descoberto" por Colombo no Caribe, o abacaxi é, na verdade, originário das regiões próximas ao rio Paraná, hoje repartidas entre o Brasil e o Paraguai. Seu nome em português deriva do tupi, e quer dizer "fruta cheirosa".
       Levado para Portugal pelos primeiros colonizadores, foi logo tratado como uma iguaria de qualidades notáveis. Em 1561, carta do jesuíta Manuel da Nóbrega informa que potes de compota de abacaxi eram enviados da colônia à matriz como remédio para pedras nos rins.  Nos elaborados pratos das cortes, o abacaxi logo encontrou seu lugar de destaque culinário, nem que fosse apenas como enfeite; e até o início do século 19, em continente europeu, a fruta continuou sendo uma iguaria rara e cara.
        Hoje, como no Brasil, pode ser encontrado em supermercados da Europa quase o ano todo. Além de ser consumido "ao natural", cortado em fatias ou em suco, o abacaxi é muito utilizado em doces e compotas, mas também em comidas salgadas, em molhos agridoces. O suco da fruta é bastante utilizado em marinadas, por suas propriedades de amaciar carnes —especialmente em receitas asiáticas, com carne de porco e pato. A conotação de "trabalho árduo", "problemático" ou "desastroso" só surgiu no Brasil no início do século 20, provavelmente associada ao trabalho que dá remover a  folhagem espinhosa e a casca áspera da fruta."

    Beijos,
    Renata

    ResponderExcluir
  3. Gostaria de saber onde encontro o marcador de convidado e o porta guardanapo. Obrigada

    ResponderExcluir